Animais de Estimação e Sustentabilidade

Escrito em 09 de julho de 2021

Animais de Estimação e Sustentabilidade

Ter um animal de estimação implica dar amor, um teto, alimentação, tratar dos seus dejectos e da sua saúde. Mas em todos estes aspetos podemos ter alguns cuidados mais ecológicos. Aqui vão encontrar algumas dicas.

Adoptar em vez de comprar

Existem muitas associações e centros de acolhimento onde podemos encontrar centenas de cães e gatos à espera de uma nova família, que lhes dê muito amor e carinho. Quando quiserem adotar um animal de estimação, façam primeiro uma pesquisa para encontrar uma associação ou centro de acolhimento próximo da vossa zona de residência.

Alimentação

É sempre importante seguir a dieta recomendada pelo veterinário. Caso nesse tipo de dieta existam opções a granel, o ideal será recorrer a esta opção. Na impossibilidade de não existir a granel a ração mais adequada para o vosso animal, tentar comprar sempre em quantidades maiores, de maneira a reduzir o impacto ambiental. E neste caso também podem reutilizar as embalagens como saco para o balde do lixo, por exemplo.

Cama

Tentar reutilizar materiais que se tenha em casa para fazer uma cama. Existem muitos DIY’s em que facilmente se converte uma almofada e uma camisola numa cama bem confortável.

No caso do Fidel, uma caixa é o suficiente para dormir umas boas sestas.

Higiene do pelo

É sempre importante seguir as recomendações do veterinário em relação aos produtos de higiene a utilizar no pelo do vosso animal de estimação. Hoje em dia já existem alternativas sólidas, como é o caso do champô para cães e gatos. Sempre que possível, optar por este tipo de solução ou a granel.

Brinquedos

Optar por brinquedos feitos de materiais reciclados ou fazer em casa reutilizando materiais.

Na imagem podem ver alguns brinquedos que fizemos cá em casa para o Fidel.

brinquedos de gato

Dejetos

Já existem vários opções de sacos para dejetos biodegradáveis ou compostáveis. Mas também se pode usar sacos de plástico que já se tenha em casa e se possa dar uma segunda vida, ou papel de jornal. No caso dos cães e, caso seja em casa, o cócó pode ser colocado diretamente na sanita.

No caso dos gatos existem areias biodegradáveis e compostáveis. Outra opção são os pellets, pequenos objetos de madeira constituídos por papel ou cerradura prensada. Para além disso, as areias aglomerantes são preferíveis por durarem mais tempo.

 

O post original do Instagram pode ser encontrado aqui.


×